POR: Smartphones são usados por 62% dos brasileiros para comprar em sites internacionais, aponta pesquisa inédita

September 25, 2019

Levantamento conduzido pelo EBANX entrevistou cerca de 3.000 brasileiros que fizeram alguma compra internacional pela internet nos últimos doze meses.  AliExpress e Wish são os varejistas mais populares, e Netflix e Uber, os serviços digitais mais utilizados

CURITIBA e RIO DE JANEIRO, 25 de setembro de 2019 – Uma pesquisa inédita sobre o comportamento do consumidor brasileiro em sites de compras internacionais revela que os smartphones têm sido fundamentais para democratizar o acesso a produtos e serviços globais: os celulares foram o meio preferencial de 62% dos entrevistados para fazer compras internacionais no ano passado.

O levantamento, Beyond Borders - The Cross-Border Consumption in Brazil, que pode ser consultado na íntegra aqui (em inglês), também mostra que pagar em parcelas é uma preferência do consumidor brasileiro: 4 entre 5 consumidores optam pelo parcelamento em compras acima de R$ 200. Quanto mais caro o produto, maior a tendência de parcelar.

A pesquisa foi conduzida pelo EBANX, fintech brasileira de pagamentos, em parceria com a Opinion Box, e foi divulgada nesta quarta (25) durante o LatAm Cross-Border Summit, no Rio de Janeiro. O levantamento entrevistou cerca de 3.000 consumidores de sites e serviços digitais internacionais, em todos os estados brasileiros, entre 19 de agosto e 3 de setembro de 2019. Todos eles realizaram pelo menos uma compra internacional nos últimos doze meses.

“Este é um retrato inédito e revelador do brasileiro que faz compras em sites internacionais, e que mostra quais os principais fatores que influenciam essa compra. Ficamos impressionados com o engajamento desse consumidor com o mobile comparado com quem faz compras apenas em sites nacionais”, afirma João Del Valle, cofundador e COO do EBANX.

Quanto menor a renda do consumidor, mais o smartphone aparece como o único canal de compra, ultrapassando o acesso por desktops. Entre consumidores que não têm conta bancária, por exemplo, a preferência pelo smartphone chega a 76,5%. As transações são feitas tanto via aplicativo quanto via site do e-commerce.

Mais confiança, menos tempo de entrega

Metade dos entrevistados declarou que a frequência com que compram de sites de e-commerce internacionais aumentou do último ano para cá, graças a: 1) preços mais baixos, que foram citados por 66,8% dos consumidores; e 2) boas experiências com compras anteriores, mencionadas por 55,8% deles.

A maioria deles (68,5%) disse ter feito sua primeira compra internacional com um item de baixo valor, para só depois passar a consumir desses sites com maior regularidade. “É um processo que exige confiança, relacionamento. Entender isso é fundamental para atingir o consumidor brasileiro”, diz Del Valle.

A expectativa sobre o tempo de entrega, por exemplo, demonstra que o brasileiro já não admite grandes atrasos em encomendas internacionais: a maioria deles (pouco mais de 50%) declarou considerar razoável um período de entrega de no máximo 30 dias. Apenas 4,7% disseram que concordariam em esperar mais de dois meses. 

Por outro lado, a maioria (51%) dos consumidores afirmou que nunca teve que pagar a taxa de Despacho Postal dos Correios, implantada no ano passado para encomendas internacionais.

Serviços digitais

A pesquisa também perguntou aos entrevistados sobre o uso de serviços digitais globais. O Netflix é o mais popular entre os brasileiros: 68% dos respondentes são assinantes. Em segundo lugar, estão Uber e outros aplicativos de transporte, com 60%. 

Na sequência, aparecem Spotify (29%), Deezer (13%), HBO Go e Amazon Prime (8% cada um). A popularidade desses serviços é praticamente a mesma entre todos os perfis socioeconômicos, sem variações significativas de acordo com a renda do consumidor.

A possibilidade de pagar em reais por esses serviços, porém, foi fundamental para ampliar a penetração deles entre os consumidores brasileiros: 54% dos entrevistados disseram que não pagariam por aplicativos como Spotify, Netflix e Deezer se fossem cobrados em dólares.

Pagamentos e tendências

No quesito opções de pagamento, o cartão de crédito é o método mais utilizado para compras internacionais pelos brasileiros, com 69%, mas o boleto ocupa o segundo lugar, com 51% da preferência. 

Além disso, mais da metade dos consumidores que usaram boleto tem um cartão de crédito (53%). Esses dados demonstram que o boleto não é apenas uma opção para quem não tem conta em banco ou não tem cartão de crédito para comprar internacionalmente -- e sim, é uma opção cultural. 

A pesquisa ainda traz insights de alguns dos principais líderes das indústrias de e-commerce, pagamentos e serviços digitais globais, como eBay, CargoX, Visa, Elo, Mastercard, Salesforce e Adobe.

Uma das conclusões, por exemplo, é que a tokenização e a adoção de protocolos seguros de pagamento deve aumentar a conversão de compras no e-commerce. Guilherme Esquivel, diretor de pagamentos digitais e de inovação na Mastercard, afirmou à pesquisa que, nos testes que vem conduzindo, a empresa já conseguiu atingir níveis de conversão perto dos 90% com essas tecnologias (contra a média de 65% do e-commerce). 

A pesquisa, na íntegra e em inglês, pode ser consultada aqui.

Sobre o EBANX
O EBANX é uma fintech global com DNA latino-americano, com escritórios no Brasil, México, Uruguai, Estados Unidos e Reino Unido. A empresa foi fundada em 2012 para resolver um gap de acesso entre latino-americanos e sites internacionais, possibilitando que esses sites aceitem mais de 100 opções de pagamentos locais dos oito países nos quais possui operações (Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile, Peru, Equador e Bolívia). O EBANX já ajudou mais de 50 milhões de consumidores latino-americanos a acessarem produtos e serviços globais de mais de 1.000 sites internacionais. AliExpress, Wish, Pipedrive, Airbnb e Spotify (estes dois últimos em uma parceria com a Worldline) são alguns dos clientes que usam as soluções EBANX. Além da oferta de processamento cross-border, a partir de 2019 o EBANX passou a oferecer processamento local no Brasil, permitindo que sites brasileiros que vendem dentro do país usem as soluções da empresa.

Get in touch with our Public Relations office.

For press inquiries, company information, press releases and more, please fill out the form beside or contact our press team via e-mail: press@ebanx.com.