Marketing

Práticas infalíveis para aumentar suas vendas pela internet

Aumentar os números das vendas demanda ações multilaterais. Entenda quais são e o que você pode fazer para melhorar a performance comercial

Amanda Pofahl

Latin American Market Expert
16/11/2017

Vamos falar a verdade, na era da revolução da internet, a indústria do e-commerce é um dos protagonistas. Para dar uma ideia do volume de transações mundiais, o eMarketer prevê uma cifra de nada menos do que 27.7 trilhões de Dólares até 2020. Um número desta magnitude deixa claro qual é o poder da indústria do comércio eletrônico.

Vendas pela Internet: práticas infalíveisPor outro lado, por mais que possa ser um paradoxo, isso não significa que todas as companhias de e-commerce estejam, consistentemente, aumentando suas vendas pela internet. Aliás, trabalhar neste ramo não é exatamente tão simples e as companhias enfrentam vários desafios.

É preciso controlar, medir, acompanhar e ajustar tudo, o tempo todo; da manutenção da página ao setor de atendimento ao cliente. Inovar, melhorar os meios de compra, estar ativo 100% do tempo, ajustar-se às especificidades e sazonalidades do mercado.

A gente sabe que não é pouca coisa com que se preocupar, então queremos te ajudar neste caminho. Vamos começar falando sobre os grandes e-commerces para entender o que falta você fazer para conseguir chegar lá.

Como grandes e-commerces atingem o sucesso?

Sobre a expansão da indústria do e-commerce, é bom deixar uma coisa clara: os números são impressionantes, mas de acordo com a Shopify, o sucesso não é compartilhado por todos. Ou seja, algumas plataformas crescem, e muito, mas a sorte não sorri para todas. 

Mas, como essas empresas chegaram lá? Experimentando, errando, acertando e antecipando tendências. Há momentos - principalmente durante crises -, em que é preciso parar um pouco e rever práticas, escolhas e estratégias.

Para aumentar as vendas da sua loja virtual, antes de mais nada você precisa se fazer algumas perguntas, pois sem reflexão e análise fica quase impossível produzir um diagnóstico realmente eficaz.

Vamos começar?

O que você pode estar fazendo errado?

Para saber onde sua companhia está errando, é preciso medir tudo o que faz para poder assim comparar períodos, performances ou acompanhar de perto os impactos de cada mudança. Outro dia falamos aqui no blog sobre os Indicadores de desempenho que você não pode ignorar no seu e-commerce, sugerimos que você dê uma boa olhada no artigo para aprender a identificar erros e oportunidade.

O problema está no seu site?

Já pensou que sua página pode ser exatamente o que você acha que deveria, mas que (e, talvez, por isso mesmo) os clientes não se sintam satisfeitos ou cômodos enquanto navegam? E-commerces devem ser pensados para os clientes, não para seus gestores - o usuário deve estar sempre no centro dos objetivos quando se busca criar um ambiente virtual.

Nos produtos que vende?

Você já deve ter escutado alguma variação da frase “vender geladeira para esquimó”. Essa expressão quer dizer que o produto errado está sendo oferecido para os clientes certos, ou vice-versa. Será que isso acontece com a sua loja? De fato, mais do que os produtos que vende, é fundamental identificar seu público-alvo para conseguir conversar com o target.

Na estratégia de marketing/divulgação?

Por último, e não menos importante: como você anda escolhendo comunicar suas propostas para o público escolhido? Caso você não esteja recebendo o retorno esperado, algo não deve estar funcionando bem nas escolhas dos canais (redes sociais, televisão, propaganda off-line, etc.) ou até mesmo na mensagem de divulgação. E quando for pensar nisso, não deixe de melhorar na produção de conteúdo para e-commerces para criar materiais que convertam mais vendas para a sua loja.

O que queremos defender aqui é a necessidade de avaliar cada aspecto do funcionamento do seu e-commerce. Como dissemos mais acima, e você provavelmente já sabe, se tornar  ou administrar um gigante de vendas pela internet não é tarefa fácil, mas, nem por isso, impossível.

Agora, talvez já seja hora de sermos mais práticos. Vejamos o que fazer para aumentar as vendas pela internet.

Como vender mais pela internet

1. Aposte em uma UX inesquecível

Acabamos de falar que o usuário deve estar sempre no centro das atenções, mas é preciso dizer que não é somente a gente que acha isso, a Econsultancy compartilhou um estudo que informa que, há 3 anos seguidos, as empresas indicam que investir em experiência do usuário é uma das melhores chances de se destacar.

E há mais estudos que apontam na mesma direção. Para dar mais um exemplo, a Vision Critical puxou a sardinha pro lado da experiencial mobile e afirma que 84% das empresas estão focadas em desenvolver ações que melhorem a UX em dispositivos móveis.

Leia também: M-commerce: o que você precisa saber para vender mais no mobile

Aliás, só pra deixar o termo claro, UX ou User Experience se traduz como a percepção dos seus usuários em relação ao tratamento e toda e qualquer interação que tenha com algum de seus canais. Seja na hora de visualizar a página, adicionar os produtos no carrinho, pagar, receber e no pós-venda, tudo tem que ser impecável.

Pode até ser mais difícil, principalmente para e-commerces de pequeno e médio porte, contarem com recursos suficientes para dedicar à construção da página do zero. Nestes casos, pode valer a pena contar com layouts prontos. Empresas como a Shopify oferecem templates para que sua marca, inicialmente, esteja mais focada nos negócios do que em design e programação.

Também pensando em otimização e funcionalidade, na hora de decidir qual será a sua plataforma de e-commerce, é importante escolher uma que atenda tanto suas necessidades como as do público. 

Se seus clientes gostam de você, eles vão continuar comprando e influenciando seus contatos para que também adquiram produtos em seu e-commerce. Para que isso aconteça, é fundamental também saber o que seus clientes pensam. Como comentamos no artigo Como avaliações ajudam a aumentar vendas no ecommerce, muita gente é influenciada pelas opiniões sobre os serviços e páginas disponíveis na internet.

O mundo dos e-commerces ainda pode despertar muita insegurança nos compradores e se converter em uma referência positiva é, sem dúvidas, um ponto a levar muito a sério. Para tanto, aposte em uma experiência do usuário fluida e intuitiva. Tenha certeza de que, se tudo correr bem, o usuário voltará.

2. O poder das Landing Pages

Se isso fosse uma corrida entre recursos, ferramentas e estratégias para vender mais pela internet, a aposta certeira estaria no competidor chamado Landing Page. Tenha em conta que as LPs não servem somente para conseguir vender um produto específico. As opções são variadas e amplas, mas apostar neste recurso pode ajudar sua marca a conseguir:

Mais Assinantes

As landing pages são excelentes recursos para aumentar a quantidade de inscritos da sua newsletter. Para isso, é preciso criar um bom lead magnet e otimizar sua LP para que consigam captar a maior quantidade de pessoas possível.

Mais Leads

Com uma LP, sua marca pode atingir os clientes antes antes de que ele decida, com informações úteis e válidas que sejam capazes de responder suas dúvidas. O copywriting aqui é fundamental para saber como agir da forma correta.

Mais Seguidores

As redes sociais são uma excelente forma de atingir públicos específicos e, principalmente quando falamos de e-commerces de fora que vendem para o Brasil, um canal de penetração e difusão para dar visibilidade à marca por aqui. Nestes casos, as landing pages também são úteis para aumentar os seguidores nas redes sociais, da mesma forma como funcionam para captar subscritores de uma newsletter.

Mais Vendas

O principal objetivo das landing pages, ainda com as outras alternativas presentes, é a conversão de vendas. De fato, com uma LP, seu e-commerce pode criar páginas simples e efetivas para aumentar as vendas de produtos a potenciais compradores interessados.

Especialmente sobre as Landing Pages, já criamos um guia completo que pode ser de muita utilidade para seu e-commerce. Caso queira se aprofundar no recurso, te convidamos a ler o post Passo a passo para landing pages de alta conversão na sequência deste artigo.

3. Por que investir em um CRM?

Com uma ferramenta de Gestão de Relacionamento com o Cliente, ou CRM, para o seu e-commerce, sua marca conta com muitas vantagens associadas com as quais irá se beneficiar diretamente. Pode parecer um investimento alto, mas que tem um grande retorno. Isso sem falar na economia de tempo e esforço para realizar tarefas de gerenciamento em tempo real.

Também é importante destacar a vantagem de contar com a segmentação do seu público via um banco de dados, bem como você terá informações precisas daqueles que ainda não são clientes mas que podem ser convertidos em leads para gerar novas vendas. Além disso, você terá um serviço de atendimento impecável, com o qual estará agregando valor à sua marca.

Apostar em um CRM para seu e-commerce significa investir em fidelidade dos usuários. Os clientes felizes sempre retornam, e se você receber o seu, você terá uma audiência muito leal aos produtos que você vende com uma estratégia global aplicando todas as técnicas de vendas, marketing e gerenciamento de conteúdo e cobrança.

No post CRM como ferramenta estratégica para o seu ecommerce, damos dicas práticas de como usar um software a seu favor e quais são os benefícios relacionados, além de considerar alguns pontos específicos sobre sua aplicação em negócios internacionais que vendem para o Brasil.

4. O que mais usar? Hover Ads no site, Pop-ups!

Por mais que coloquemos todas as informações na página, criemos um banner especial para uma campanha específica ou destaquemos alguma parte em particular, poucas coisas são tão eficazes como aquelas janelinhas (que não agrada a gregos e troianos, mas funciona), os Pop-ups.

Acontece que os Pop-ups tradicionais podem ser bloqueados pelas novas extensões anti-publicidade disponíveis para a maioria dos browsers e sistemas operativos mobile. Mas, não se preocupe, você ainda pode destacar descontos, promoções, produtos ou qualquer outra coisa com os chamados hover ads.

Muito comuns quando entramos em blos posts (quando salta aquela janelinha interna perguntando se gostaríamos de seguir os posts por mail), os hover ads são um ponto intermediário entre os pop-ups tradicionais e o texto plano. Seu poder é inquestionável, segundo a Entrepreneur, alguns testes mostraram que o recurso foi capaz de aumentar algumas vendas nada menos do que 162%. Argumento suficiente para seu e-commerce começar a experimentar.

Conclusão

Esperamos que não só nossas dicas, como também as considerações iniciais, sejam úteis para que seu e-commerce consiga alavancar as vendas e atingir metas mais ousadas. Aqui no EBANX estamos sempre atentos às melhores formas de melhorar a performance quando o assunto é comércio eletrônico. Acompanhe nosso blog!