Marketing

Dicas imbatíveis para aumentar as vendas da sua loja de roupas virtual

Não basta vender as melhores roupas e ter os melhores preços. Veja como alavancar as vendas do seu e-commerce de moda.

Amanda Pofahl

Latin American Market Expert
03/11/2017

 

No mundo dos e-commerces de moda, é fundamental manter relações mais próximas, íntimas com os clientes. Isso é a chave para aumentar vendas, construir confiança e credibilidade e fidelizar a clientela. Nesse meio, a impessoalidade deve ser esquecida, é preciso focar em construir uma relação.

Mas, como fazer isso? O que deve ser considerado, quais são as ações e estratégias necessárias?

No artigo de hoje, vamos ver 6 pontos fundamentais para que sua loja de roupas virtual ganhe mais visibilidade, aumente as vendas e melhore a presença de marca. Papel e caneta na mão? Vamos lá!

1. Conheça seus clientes

Atualmente, há consumidores com interesses, necessidades e hábitos muito diferentes entre si. Neste sentido, é fundamental conhecer sua clientela objetivo para conseguir satisfazer suas necessidades. Mesmo assim, oferecer produtos que atendam a todas as expectativas é uma missão difícil.

E quando o assunto é roupa da moda, não poderia ser diferente. Aliás, é mais importante ainda dividir o mercado em pequenos segmentos homogêneos, que compartilhem características semelhantes, para conseguir definir a que grupos orientar as vendas, de acordo com as características de cada produto.

Leia também: Quais marcas de roupas os brasileiros preferem comprar online direto dos EUA

Por exemplo, é importante considerar os interesses de compra dos clientes e, assim, oferecer o conteúdo certo para cada grupo ou indivíduo. Aqui, vale a máxima: “os dados são seus melhores amigos”. Um levantamento de informações sobre a personalidade, o estilo de vida, os hábitos de consumo, classe social vai ajudar a entender melhor com quem você está falando.

Você pode começar analisando e organizando os dados dos clientes existentes na sua loja de roupas virtual. Frequência de compras, volume e ticket médio, como informações de comportamento anterior ou mesmo dados sobre o cargo que ocupa, nível sócio-econômico ou de estudos são bons pontos de partida para ter uma melhor ideia do seu público.

2. Ofereça uma experiência de usuário sensacional

Uma loja de roupas virtual, assim como uma física, precisa ser impecável. O consumo de bens relacionados à estética demanda um ambiente totalmente funcional e uma imagem de acordo com suas expectativas.

O cliente pode adquirir somente o produto na hora de comprar roupas pela internet, mas ele consome uma experiência mais ampla e que tem a ver com outros aspectos. A navegação deve ser fluida, ágil e sem travas. De fato, quando o assunto é webmarketing, é fundamental entender que o centro é sempre, sempre, o cliente.

Logo, menus devem estar sempre visíveis e o ideal é que nada esteja a mais de dois ou três cliques de distância. Lembre-se: o cliente não conhece sua página, mesmo assim, deve percorrê-la como se soubesse exatamente onde encontrar o que procura.

É aqui onde a experiência do usuário (UX) é fundamental e a estética e o design se transformam em poderosos aliados para proporcionar uma interação perfeita. Seja quando você busca criar uma landing page de alta conversão ou na própria loja de roupas virtual, o design tem como objetivo permitir uma interação intuitiva e que combine criatividade e tecnologia.

3. Qualidade das imagens

Imagem é tudo. Somos educados por imagens, decidimos por meio de imagens, chegamos a conclusões com base em imagens. E pode até ser que, em outros segmentos, a qualidade das fotografias não seja um diferencial, mas na hora de comprar roupas pela internet, as fotos fazem, sim, toda a diferença.

Até mesmo porque as fotos têm o papel de suprir a necessidade do cliente de conhecer a peça. As imagens precisam se aproximar o máximo possível da experiência presencial. Ou seja, transmitir bem as cores, textura, caimento e qualidade das roupas, calçados, acessórios ou quaisquer produtos relacionados.

Além da captação das imagens, e já falamos sobre isso no artigo Como tirar fotos de produtos para lojas virtuais, o tratamento, edição e resolução devem estar adequados para que tudo seja corretamente visualizado em qualquer dispositivo (computadores, tablets, smartphones).

Vale a pena investir em uma captação de qualidade e permitir que o cliente, enquanto navega, tenha acesso a diferentes níveis de aproximação visual. Uma ferramenta de zoom, por exemplo, é ideal para mostrar a trama do tecido ou o acabamento das peças. Nas lojas de roupa online, a foto do produto pode marcar a diferença entre a venda ou abandono da página.

4. Interação instantânea

Mais do que oferecer vários canais de atendimento e que todos compartilhem informações integradas para permitir que os clientes continuem seus processos por qualquer meio, é fundamental ser claro e dinâmico na hora de responder a qualquer consulta dos clientes.

Neste sentido, soluções em automação do atendimento ao cliente de lojas de roupa online podem aproveitar os benefícios dos chatbots para resolver consultas recorrentes de forma rápida e assertiva. De fato, a experiência do usuário também passa pela forma como ocorrem as comunicações.

A gente já abordou o assunto em um artigo sobre Soluções para melhorar o atendimento ao cliente do seu site onde já comentávamos que “66% dos consumidores comprariam mais se as companhias oferecessem um serviço de atendimento ao cliente de excelência”.

Para isso, o uso de machine learning também traz muitas vantagens. Ao cruzar os padrões de consumo de um consumidor com seu nível de interação, é possível, por exemplo que o chatbot responda à uma consulta feita pelo consumidor e, em seguida, faça uma oferta relacionada.

Este tipo de recurso é ideal para negócios em grande escala, já que o volume de atendimentos pode ser enorme e contar com equipes fixas para cada consulta se torne totalmente inviável. O importante é manter o foco na qualidade e não dilatar o tempo médio de espera para diminuir a taxa de abandono da sua loja de roupas virtual.

5. Redes sociais

A gente poderia começar este tópico relacionando com o primeiro, deste artigo, que falava sobre conhecer o cliente. E saber com quem você está falando é imprescindível para saber onde estas pessoas estão, que tipos de conteúdos consomem e por quais canais sociais interagem.

As imagens que você usa são fundamentais, como também dissemos acima, principalmente quando sua loja de roupas virtual investe em ações no Instagram, uma rede baseada em fotos, assim como no Pinterest. De qualquer forma, vale a pena pensar em estratégias inovadoras e que despertem a atenção do público.

Você pode aliar ações de marketing de guerrilha com as redes sociais, por exemplo, e potencializar sua visibilidade online por meio de ações offline. Neste caso, canais não convencionais são usados para gerar surpresa nos usuários e despertar seu interesse em conhecer melhor a marca.

A questão é que as redes sociais são um canal imprescindível para que um site de compras de roupas amplie o alcance de sua marca, especialmente quando estamos falando de e-commerces de fora do Brasil que ainda não têm tanta visibilidade no território nacional.

6. Ofereça produtos que ninguém tem

Tem de tudo na Internet, mas nem sempre é tão fácil encontrar. Ou, por vezes, há uma ideia estabelecida de que, por se tratar de algum produto de fora, é impossível adquirir aqui no Brasil ou que a Alfândega vai reter o item ou taxar de forma abusiva.

Sobre a parte da Alfândega, vale a pena instruir os clientes. Já sobre a ideia de inacessível, é exatamente aí que sua loja de roupas virtual tem uma excelente oportunidade para entrar de vez no mercado brasileiro. Afinal de contas, tem muita coisa que ainda não chegou por aqui e você pode ser exatamente o herói do acesso a um objeto de desejo.

Por isso, vale a pena pensar em produtos que os outros e-commerces brasileiros não oferecem e fazer o público conhecer seu diferencial a partir da especificidade. A distribuição de itens exclusivos dão margem para oferecer outros produtos e agregar valor à sua marca, principalmente nas terras verde-amarelas.

Conclusões

Com nosso artigo, ficou mais claro como sua loja de roupas virtual pode ampliar as vendas e conquistar novos clientes? Qual das ideias você achou mais interessante? Siga acompanhando nossos conteúdos sempre atualizados no blog. A gente separou aqui embaixo alguns que possam te interessar. Até o próximo artigo!