Featured, Marketing, Negócios

7 Produtos mais comprados pelos brasileiros nos EUA

Como selecionar os itens preferidos e identificar oportunidades.

Ronaldo Santos

Performance Specialist
04/07/2017

Não é de hoje que os brasileiros adoram fazer compras nos Estados Unidos. A preferência, que dura já uns bons anos, tem seus motivos: além de poder encontrar preços extremamente vantajosos nos produtos americanos, a compra fora do país também possibilita conquistar alguns desejos antes inalcançáveis, seja pelo alto valor pedido no Brasil ou pela indisponibilidade de determinados marcas em ambiente nacional.

A economia é tanta, que mesmo com a alta do dólar enfrentada nos últimos anos, a compra de diversos produtos importados continuou representando uma vantagem no bolso dos brasileiros. Com a recente estabilização da moeda, as vendas retomam o fôlego, o público volta a se animar e as listas de compras ficam cada vez maiores.

Na Internet, o cenário é ainda mais favorável: A quantidade de compradores brasileiros em sites internacionais passou de 38% em 2014 para 54% em 2015, e vem crescendo a cada ano. Ao mesmo tempo, as lojas virtuais dos EUA ficam em segundo lugar na preferência dos brasileiros, estando apenas um pouco atrás da China. Para quem está pensando em lucrar com a venda destes produtos, trata-se de uma oportunidade bastante positiva, com possibilidade de lucros significativos.

Baixe Grátis o guia completo de Como Enviar Produtos dos EUA para o Brasil

Saber identificar as preferências dos brasileiros quando o assunto é fazer compras nos EUA é um ótimo ponto de partida para quem vende produtos dos EUA para o Brasil. Vale a pena avaliar bem o mercado, conhecer seu público a fundo e fazer sua seleção. A partir daí, o desafio pode ser grande, mas o retorno com certeza será muito maior.

Para ajudar quem vende produtos dos EUA para o Brasil, preparamos uma lista com os produtos americanos mais desejados por brasileiros quando compram online. Confira as nossas dicas:

1. Roupas

Roupas – especialmente as de grife – fazem sucesso no mundo todo, e com os brasileiros não é diferente. Aliás, por aqui este interesse chega até a se destacar: hoje, roupas são o tipo de produto mais procurado pelos brasileiros em lojas online norte americanas. No Brasil, peças de marcas famosas representam status e por isso mesmo são altamente valorizadas e requisitadas. Grifes como Tommy Hilfiger, Hollister, Lacoste, Adidas, Calvin Klein e Abercombrie são só algumas das marcas queridinhas pelos brasileiros, e que sempre têm espaço garantido na lista de compras internacionais.

E, se poder desfilar com uma roupa de grife é o grande desejo de muitos, conseguir comprar as peças por preços atrativos é outro ainda maior. Essa procura, combinada à possibilidade de oferecer itens de vestuário por um valor muito abaixo dos praticados no Brasil podem fazem deste negócio uma oportunidade bastante vantajosa, com clientela garantida.

Vale lembrar que algumas grifes consideradas “comuns” e de valor relativamente baixo para os americanos chegam a ser supervalorizadas pelos brasileiros, que pagam valores altos por seus produtos. Marcas como GAP, Aéropostale e Hollister, por exemplo, são muito mais desejadas (e mais caras) no Brasil do que nos EUA, podendo representar uma margem de lucro ainda maior em uma revenda.

Veja o artigo: Quais marcas de roupas os brasileiros preferem comprar online direto dos EUA.

2. Produtos de beleza: Maquiagens e Cosméticos

Produtos_de_beleza_Maquiagens_e_CosmeticosNo Brasil, ficar bonito é coisa séria: hoje, somos o quarto maior consumidor mundial de higiene e beleza. Mesmo em um cenário de crise, os gastos com produtos e serviços voltados a cuidados pessoais continuam fazendo parte da lista de prioridades das brasileiras, que adoram ficar por dentro das novidades da área. Quando o assunto envolve produtos importados e de grifes famosas, o entusiasmo é ainda maior: mais de 70% do público brasileiro se sente bem ao comprar marcas conhecidas e as relaciona diretamente com qualidade, principalmente quando seu valor é mais elevado.

Isso tudo faz dos Estados Unidos um paraíso para os brasileiros que procuram comprar produtos de beleza de grandes marcas com preços convidativos. Itens como maquiagens, shampoos, cremes, esmaltes e protetores solares estão sempre entre os mais procurados por este público e é praticamente impossível encontrar uma mala feminina que não carregue pelo menos um batom na volta ao Brasil. Com custos bem menores no solo americano, vale a pena esvaziar o bolso, mas encher a nécessaire.

Além do preço, outro ponto que torna várias marcas importadas extremamente desejadas é a disponibilidade: muitas novidades badaladas no setor de beleza lançadas nos Estados Unidos não chegam a serem vendidas no Brasil. Assim, o interesse por elas aumenta e a disposição em pagar um pouco a mais para adquiri-las, também.

Entre as marcas preferidas e que podem representar ganhos significativos na revenda, estão MAC, La Roche-Posay, Vichy, John Frieda, Aveeno e Clinique, todas com valores muito menores se compradas nos Estados Unidos. Novamente, também vale ficar atento às marcas extremamente procuradas pelas brasileiras - mas que são vendidas a preços bastante baixos nos EUA, como Aussie, Maybelline e Victoria’s Secret.

Outra vantagem destacada na importação deste tipo de produto tem a ver com seu tamanho e volume: por serem leves e pequenos, possibilitam fazer uma boa economia com o frete e possíveis taxas alfandegárias. Na conta final, maquiagens e cosméticos oferecem alta margem de lucro e saída rápida na hora da venda, com novidades constantes para a clientela.

3. Eletrônicos

EletronicosQuando o assunto é tecnologia, ninguém quer ficar para trás. Os brasileiros, assim como o restante do mundo, também querem possuir o que há de mais atual e tecnológico no mercado, logo após o seu lançamento. Tudo isso, claro, sem comprometer o bolso. Por isso mesmo, aparelhos eletrônicos também figuram entre os itens mais comprados por brasileiros no exterior: além dos preços serem até três vezes mais caros no Brasil, muitas vezes é possível achar nos Estados Unidos produtos que ainda não foram lançados aqui, ou de empresas que não têm representação no país.

Nessa onda, adquirir diversos tipos de materiais eletrônicos fora do país continua sendo um ótimo negócio para quem compra e, consequentemente, para quem pensa em revender dos EUA para o Brasil. Além de ter muita procura e saída fácil, este tipo de produto pode atingir diversos tipos de clientes e necessidades. Smartphones, pendrives, câmeras e tablets lideram o ranking de procura, enquanto acessórios para celulares também ganham destaque: capinhas, carregadores e adaptadores originais têm demanda crescente entre o público.

Apesar de terem vendas expressivas no Brasil, é preciso manter atenção extra com a revenda desta linha de produtos: além de todos os itens precisarem de garantia, alguns eletrônicos de maior destaque, como tablets, podem sofrer taxas de importação. Fique atento.

4. Perfumes

PerfumesO mercado de perfumes no Brasil é outro que driblou a crise e não para de crescer: o país conquistou o 1º lugar entre os que mais consomem perfume no mundo todo e mantém a liderança desde 2010. Ainda assim, comprar fragrâncias importadas no Brasil ainda é uma experiência desanimadora, por conta dos preços altos causados principalmente pelas altas taxas tributárias.

Mais uma vez, a saída encontrada pelo consumidor brasileiro é recorrer às compras feitas nos Estados Unidos: mesmo com o dólar em alta, ainda sai bem mais em conta trazer estes itens de fora do país. A vantagem é tanta, que os perfumes estão, há tempo, entre os principais itens comprados pelos brasileiros no exterior.

Neste caso, a vantagem também não fica só para quem compra: com a alta demanda pelos produtos e preços expressivamente menores nos Estados Unidos, a revenda de perfumes importados para os brasileiros se mostra cada vez mais lucrativa. Marcas como Dolce & Gabbana, Dior, Gucci e Calvin Klein estão entre as mais desejadas, representando um ótimo negócio.

5. Acessórios: Bolsas, Óculos, Tênis e Relógios

Acessorios_Bolsas_Oculos_Tenis_e_RelogiosOs acessórios costumam ter presença garantida na lista de compras (e de desejos) dos brasileiros nos EUA. São pequenos, fáceis de carregar e, acima de tudo, apresentam preços muito mais baratos do que os trabalhados no Brasil. Além disso, estes acessórios geralmente estão vinculados a marcas de grife, o que aumenta ainda mais o apelo ao consumo e o valor percebido em cada produto. Fica fácil fazer a conta: comprar acessórios importados dos Estados Unidos é algo tentador para os brasileiros – e a maioria não passa vontade.

Bolsas

Objeto de desejo de muitas mulheres, as bolsas compradas nos Estados Unidos representam um negócio muito vantajoso (e uma verdadeira realização) para muitas brasileiras que desejam economizar. Também pudera: a maioria das opções de grife chega a custar o dobro no Brasil, ou até mais. Grifes como Micheal Kors, Guess, Calvin Klein e Louis Vuitton estão entre as preferidas e mais cobiçadas pelo público feminino.

Tênis

Quem adora colecionar pares de tênis e não resiste aos lançamentos das marcas mais famosas encontra nos Estados Unidos vantagens irresistíveis para a compra destes produtos. Com a possibilidade de comprar em lojas de fábrica, é possível encontrar pares de marcas como Nike, Adidas, Converse, Asics e Vans com descontos bastante expressivos, que representam, no mínimo, metade dos preços oferecidos no Brasil. Além disso, é comum que as lojas brasileiras recebam modelos importados de tecnologia ultrapassada ou que já saíram de linha. Todos esses motivos fazem com que os tênis estejam entre os produtos mais desejados pelos brasileiros que buscam fazer economia com produtos trazidos dos EUA.

Óculos de Sol

Os óculos escuros já fazem parte da vida dos brasileiros: além de serem item indispensável num país tropical como o nosso, também já assumiram o posto de acessório fashion, com opções assinadas por diversas marcas renomadas. Assim, não é à toa que também representem um dos itens mais procurados em compras feitas por brasileiros nos Estados Unidos. Com a oferta de diversas opções de marcas como Gucci, Prada, Rayban e Calvin Klein a preços bem abaixo dos que praticados no Brasil, muitos não resistem à tentação de trazer um – ou vários – pares para casa.

Relógios

Com presença garantida entre os produtos mais comprados pelos brasileiros nos EUA, os relógios também são itens de desejo entre muitos homens e mulheres. Marcas como Adidas, Casio, Michael Kors, Diesel, Invicta ou até opções de luxo são oferecidos por preços bastante atrativos – há modelos que custam por volta de 100 dólares nos Estados Unidos e chegam a custar mais de mil reais no Brasil! Dessa forma, comprar relógios nos EUA acaba compensando bastante para os brasileiros e se torna uma oportunidade bastante lucrativa de negócio para quem está pensando em vender estes produtos.

6. Enxoval de Bebê

Enxoval_de_BebeNos últimos anos, viajar para os Estados Unidos para fazer o enxoval do bebê se tornou algo cada vez mais comum entre os futuros papais e mamães. Todo esse movimento faz sentido: mesmo com os recordes na alta do dólar, se compararmos os produtos disponíveis nos Estados Unidos a no Brasil, montar o enxoval fora do país ainda sai três vezes mais barato. Com essa diferença gritante nos preços, a procura por carrinho, bebê conforto, babá eletrônica, roupinhas, brinquedos e vários outros itens para bebês nos Estados Unidos se mantém constante pelos brasileiros. Além do preço, outro fator importante levado em conta é a variedade de modelos e os itens mais modernos disponíveis: há muitas opções de produtos, alguns inclusive com alta tecnologia, que nem chegarão a ser vendidos no Brasil.

Tantas vantagens fazem com que muitas grávidas viajem aos Estados Unidos exclusivamente para garantir o melhor (e mais econômico) enxoval para o seu bebê. Além das compras feitas em lojas físicas, muitos pais acabam preferindo adquirir os itens no exterior pela Internet, e assim têm uma experiência de compra mais ágil e prática, com os produtos recebidos em hotéis ou na casa de amigos.

O alto interesse do público por estes itens somado à possibilidade de oferecer opções exclusivas a preços convidativos, coloca a venda de produtos importados para bebês como uma oportunidade promissora de negócio, inclusive pela Internet.

7. Suplementos e Vitaminas

Suplementos_e_VitaminasUma parte cada vez mais crescente dos brasileiros adeptos ao uso de vitaminas e suplementos sempre mantém os Estados Unidos como o principal destino de compra para estes produtos. O motivo? A ampla variedade de itens, a alta qualidade oferecida e os preços extremamente convidativos, principalmente quando comparados aos praticados no Brasil.

Além de oferecer marcas renomadas e desejadas, as lojas americanas especializadas em suplementos também fabricam muitos sabores diferentes, com opções não encontradas no Brasil. Desde vitaminas específicas para pele e cabelo, até diversos tipos de suplementos como whey protein, é possível encontrar uma vasta gama de produtos, que ficam entre os principais itens desejados pelos brasileiros interessados no assunto, tanto para compras em lojas físicas americanas como para as feitas online.

Apesar de representar um negócio muito vantajoso e lucrativo, a venda de suplementos importados para brasileiros requer certa atenção: algumas substâncias contidas em produtos vendidos nos EUA podem ser proibidas pela ANVISA no Brasil, impedindo sua entrada no país. Confira as restrições e aproveite essa oportunidade sem correr riscos.

Bônus pra você que chegou até aqui:

Espero que essa lista seja útil para ajudar a sua empresa a escalar as vendas. Preparamos outros 3 conteúdos especialmente para quem posui uma loja virtual nos Estados Unidos e vende para o Brasil, veja:

  1. Lista: 8 lojas para comprar no atacado na Flórida;
  2. Lista: 8 empresas para enviar produtos dos EUA para o Brasil;
  3. eBook: Como enviar produtos dos EUA para o Brasil.

Baixe Grátis o guia completo de Como Enviar Produtos dos EUA para o Brasil