Marketing

10 dicas de como vender produtos internacionais pelo Facebook para o Brasil

Um guia simples para vender produtos internacionais para o Brasil pelo Facebook

Amanda Pofahl

Latin American Market Expert
28/08/2017

Vivemos na era da internet e, com isso, as redes sociais estão cada vez mais presentes nas nossas vidas. Perdemos as contas da quantidade de mídias disponíveis hoje. Desde o bom e velho Facebook, até o quase falecido Snapchat, é difícil quem não tenha uma conta ativa em pelo menos algumas delas.

Mas engana-se quem pensa que as redes sociais estão aí somente para socializar, postar fotos da última viagem ou então enviar piadinhas para o grupo da família no WhatsApp. Muitas delas se tornaram canais de vendas e, se você souber usá-las, o resultado para o seu negócio pode ser incrível.

92 milhões de pessoas acessam o Facebook todos os meses. Isso corresponde a 45% de toda a população brasileira.Dados IBG
Cientista

No Facebook, por exemplo, há diversas maneiras para vender seus produtos. Você pode fazer uma fanpage, utilizar os inúmeros grupos disponíveis, criar anúncios ou ainda abrir uma loja dentro da rede social de Mark Zuckerberg.

É o socialcommerce, onde empresas utilizam as redes sociais como plataforma de vendas. A maior vantagem desta tendência é a inexistência do pagamento de taxas pelas transações - salvo os Facebook Ads, anúncios criados para atrair clientes, ainda que os valores sejam baixos se comparados com outras mídias, desde as mais tradicionais até o Google Adwords.

Pronto para começar a vender no Brasil?

Nós temos um guia completo sobre como enviar seus produtos internacionais para o Brasil.

Baixe o E-book

Independentemente da forma que você escolher, é importante ter em mente alguns fatores. Para te ajudar nesta empreitada, criamos uma lista com algumas dicas importantes tanto para quem está começando a vender quanto para quem pretende aumentar as vendas de seus produtos internacionais pelo Facebook.

1. Mantenha a fanpage sempre atualizada

Não há nada mais frustrante para o usuário do que entrar na página da empresa e dar de cara com um imenso vazio. Ou com informações desencontradas, conteúdos que divergem do expertise da empresa ou ainda com a falta de informações básicas, como site, email ou telefone. Para ajudar na organização, crie uma planilha de conteúdo, e mantenha a frequência das postagens.

2. Procure grupos de interesse e anuncie em todos eles

De nada adianta você vender vestuário infantil e entrar no grupo Baladas em São Paulo, por exemplo. Buscar por grupos especializados na sua área é essencial. Nestas horas, não tenha limites. Procure pelo maior número de grupos possíveis, e anuncie em todos eles. E lembre-se: sempre leia com atenção as regras de cada grupo, para não correr o risco de ser banido.

3. Capriche nas fotos dos produtos

Não pense que só porque o ambiente é mais descontraído, você não vai precisar investir nas fotos. Ter uma identidade visual clara, informativa e que converse com toda a sua estratégia de vendas é fundamental para o seu sucesso. Caso a grana esteja curta, você pode se virar com um bom celular e algum aplicativo de edição disponível para baixar. E não esqueça: uma luz boa é tudo para uma foto de qualidade.

4. Precifique seus produtos

Para os usuários, saber qual o valor do produto pelo qual se sentiram atraídos é um dos fatores decisivos para ativar o interesse em comprá-los. Se estiver divulgando em algum grupo, é importante conferir as regras de preço. Geralmente eles exigem que o valor seja divulgado junto com as outras informações. E lembre-se: nada de pegadinhas. Sempre divulgue o valor final do produto, incluindo frete, caso necessário. Isso faz com que mal-estares desnecessários sejam evitados.

5. Crie uma loja

Para criar uma loja dentro do Facebook, você vai precisar de uma página. Caso já tenha, basta habilitar a guia loja nas configurações da fanpage para começar a usar (caso precise de ajuda, entre aqui para mais informações). Importante saber que as opções de pagamento são diferentes para páginas dos Estados Unidos e do Brasil. Nos EUA, é possível finalizar a compra dentro da própria rede social. Já no Brasil, o Facebook serve somente como um intermediador, sendo preciso conectar uma conta de outra plataforma para concluir a compra. Em ambas as opções, você pode gerenciar seus produtos, seu estoque, comunicar-se com os clientes e ainda ver quantas visualizações e mensagens você recebeu para cada produto.

Confira também:  7 produtos mais comprados pelos brasileiros nos Estados Unidos. 

6. Não sobrecarregue seu público

O mundo online é muito parecido com o offline em diversos quesitos. Um deles é com relação ao bombardeamento de informações. Não seja invasivo, e deixe para trás o estilo de vendas mais agressivo, que sobrecarrega seu público de promoções, por exemplo. Intercale postagens de vendas com outros tipos de conteúdos. Pegue leve pois, caso contrário, ao invés de conquistar um cliente, você pode afastá-lo.

Veja ainda: Quais são as marcas de roupas os brasileiros preferem comprar dos EUA

7. Construa relacionamentos

Interagir com seus clientes - e futuros clientes também - de forma leve e divertida é essencial para construir um relacionamento com eles. Utilize sua página para postar conteúdos relevantes, converse com eles em primeira pessoa, interaja por meio de publicações e mensagens, e trate seu público como você trata um amigo. Criar uma relação de parceria e confiança é essencial para que seu negócio decole.

8. Invista nos anúncios pagos

O Facebook Ads é uma ferramenta importante para impulsionar as vendas. Com alta taxa de retorno e um ótimo custo benefício, ele pode se tornar um grande aliado na hora da venda. Há diversas opções de anúncios disponíveis, mas independente do escolhido, dê importância especial ao texto e a imagem. Para saber mais sobre qual anúncio se adequa mais ao seu caso, acesse a página do Facebook, onde você irá encontrar diversas dicas para te ajudar.

9. Configure a audiência das suas postagens

Você sabia que pode escolher o público das suas postagens? Usa esta ferramenta a seu favor. Defina sua principal audiência, desta maneira, as possibilidades de vendas serão ainda mais certeiras. Elas podem ser direcionadas ao seu público-alvo de acordo com vários fatores, indo desde idade, sexo, formação, até o fator mais importante para negócios internacionais que querem vender no Brasil, a localização.

10. Tenha um SAC eficiente

É importante que você tenha em mente uma coisa: seu cliente tem pressa em obter um retorno. Ter alguém responsável pelas mensagens recebidas é essencial (mesmo que seja você, é preciso estar atento a cada notificação que chega). É possível inclusive configurar mensagens automáticas, avisando que você recebeu o contato do usuário e que irá responder assim que possível. Só não esqueça disso. Outro detalhe importante: seja simpático. Essa comunicação é a voz da sua empresa. Caso dê alguma resposta atravessada para o cliente, pode ter certeza de que uma possível compra acabou de ser desfeita. Afinal, não há produto que resista a uma grosseria.

Baixe Grátis o guia completo de Como Enviar Produtos dos EUA para o Brasil